segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

DICAS DE COMO AJUDAR SEU FILHO A ORGANIZAR SEU "MATERIAL ESCOLAR"



Ensine seu filho a cuidar dos objetos que o ajudam no "dia a dia" escolar


"Mostrar o valor do material é importante para que a criança desenvolva uma responsabilidade em relação ao que usa"



Na volta às aulas, a correria de pais e filhos envolve, entre outras coisas, reorganizar mochila, lancheira e cadernos. É hora de reforçar para o seu filho a importância de cuidar do material durante o ano. "Antes do início do ano letivo, uma atividade gostosa, que une pais e filhos e mostra a importância de cuidar bem do material, é etiquetar todos os objetos em família", sugere a coordenadora pedagógica Marli Veríssimo, do Ensino Fundamental.


Outra providência fundamental neste começo de ano é organizar o cantinho de estudo da criança em casa, que também deve ter os materiais necessários para que ela faça a lição de casa e pesquisas em paz. "É imprescindível que a criança tenha um espaço próprio para estudar. Ali, ela deve se sentir confortável e motivada", defende a pedagoga Liliana Francischini, que dá aulas na Educação Infantil.

No cuidado com os materiais, a palavra de ordem é responsabilidade, como ressalta Marcela Castro, coordenadora da Educação Infantil: "Mostrar o valor do material é importante para que a criança desenvolva uma responsabilidade em relação ao que usa em casa e na escola".


Dicas para que você incentive seu filho a cuidar bem de seus objetos e de como você pode ajudá-lo nisso.

1. Material Básico

Do que uma criança precisa, afinal, para ir à escola? Excetuando-se singularidades pedidas na lista de materiais, a criança do Ensino Fundamental precisa, basicamente, de uma mochila, uma lancheira e de um estojo com lápis grafite, apontador, borracha e canetas. É interessante colocar lápis de cor e canetinhas em outro estojo, e não os levar nas embalagens onde são comprados, pois daí é mais fácil perder. A professora Liliana Francischini dá, ainda, outra dica: "É preciso ficar atento ao tamanho das pastas e dos livros solicitados na lista de materiais, para verificar se a mochila está do tamanho adequado. Pode ser que as crianças levem lições de casa em pastas tamanho A4, por exemplo, e ela deve caber na mochila para que não se corra risco de perdê-la no trajeto para casa".

2. Material para casa

Não é só dos materiais que a criança usa na escola que ela deve cuidar, mas também de seu local de estudo em casa e de tudo que houver nele. 

Para tanto, ela conta com a ajuda dos pais, pois só eles podem preparar esse cantinho para ela. "Esse lugar deve ter, primordialmente, uma boa iluminação e o menor número possível de interferências que possam desviar a atenção da criança, como ruídos, televisão ligada etc. Cada família, dentro de suas condições, tem de pensar em como adequá-lo às necessidades do estudante", pondera a pedagoga. E quais são os materiais que não podem faltar ali? Lápis grafite, canetas, régua, lápis de cor, tesoura e cola são os básicos.

3. O que levar para a aula

Os pais também podem ajudar a criança, sobretudo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I, a se organizar diariamente - ao menos até que ela pegue a prática e consiga se preparar sozinha. "Uma boa solução é deixar à vista - de preferência no local em que a criança guarda seus materiais e a mochila - a grade das aulas semanais, para que ela não leve cadernos e livros desnecessariamente", recomenda Liliana Fracischini. 
Outra dica é fazer uma lista básica sobre o que sempre deve estar na mochila, de modo que se possa fazer apenas um check list no dia a dia. E a criança, claro, deve participar de tudo isso. "É muito importante que a criança sempre participe da organização de seu material escolar, desde cedo. Envolvê-la nesse processo de organização ajuda a torná-lo corriqueiro, natural. Ensiná-la a se organizar, e assim ter mais disciplina e gerenciar melhor o tempo, é uma lição para toda a vida", completa a pedagoga.


4. Resgatar o que já foi usado



Não tem por que comprar tudo novinho no início do ano se ainda há bons materiais do ano passado. Marli Veríssimo dá a dica: "A família pode tirar uma tarde para selecionar o que ainda está em bom estado e apontar todos os lápis". A pedagoga Liliana Francischini concorda plenamente: "Isso contribui para que as crianças aprendam um pouco mais sobre o reaproveitamento e evitem um consumo excessivo e desnecessário". Como os pequenos são estimulados pela mídia e pelo ambiente onde vivem a querer tudo novinho, tente balancear a situação, sugerindo, por exemplo: "Seus lápis de cor estão ótimos, praticamente novos. Então você pode usá-los de novo este ano e compramos um estojo para eles".



Por: Cyntia Costa



Fonte:http://educarparacrescer.abril.com.br/comportamento/material-escolar-731591.shtml?utm_source=redesabril_educar&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_educar&utm_content=fds




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...