quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

VISITA AO MUSEU DE ASTRONOMIA - MAST


O Museu de Astronomia e Ciências Afins - MAST é  uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI, criada na cidade do Rio de Janeiro em 1985. Tem como missão ampliar o acesso da sociedade ao conhecimento científico e tecnológico por meio da pesquisa, preservação de acervos, divulgação e história da ciência e da tecnologia no Brasil.


acervo do MAST é testemunha de uma ciência que procurava uma unificação da linguagem cientifica, ou seja, todos deveriam entender os métodos de trabalho e os dados obtidos nas investigaçõesatravés de instrumentos científicos, em qualquer parte do globo. A ciência daquele momento era realizada nas instituições científicas e também nas faculdades e universidades. Os resultados da prática científica poderiam ser vistos nas grandes exposições universais, nos congressos, nos seminários e na circulação de jornais e revistas. A imprensa foi uma importante aliada no sentido de colocar as ciências ao alcance de todos. E de confirmar junto ao público a crença de que a humanidade seria mais feliz devido ao seu avanço e novas conquistas. 


Observar, medir e conhecer o céu e a Terra é um desafio constante, enfrentado de diferentes maneiras pelas  sociedades. A partir de instrumentos científicos de mediação do tempo e do espaço do Acervo Museológico do MAST e de documentos históricos, a exposição explora a relação entre a ciência e a configuração territorial do Brasil.



O Acervo Arquitetônico está localizado no campus do Observatório Nacional/MAST, que possui uma área aproximada de 44 mil metros quadrados. Situado no Morro de São Januário, no Rio de Janeiro, compreende dezesseis edificações de grande valor histórico, construídas para sediar o Observatório Nacional a partir de 1921. Destacam-se o prédio sede e os pavilhões que abrigam centenárias lunetas, exemplos típicos da arquitetura e da engenharia para a astronomia dos primórdios do século XX.


No mundo inteiro, é nos observatórios que se faz o cálculo da longitude, base para a elaboração de mapas, trabalhos de demarcação e a definição da hora. Nações tomavam diferentes linhas para o meridiano zero. A exemplo de outros países, o Brasil estabeleceu como meridiano inicial a linha que passava pelo Imperial Observatório do Rio de Janeiro. 


A localização adequada do Observatório foi constantemente questionada, e assim cogitou-se a sua transferência do Morro do Castelo, devido às suas instalações precárias. Por isso, outras linhas meridianas próximas foram tomadas como marco zero, inclusive a que passa pelo Morro do Pão de Açúcar.



Na condição de museu, detém a guarda de coleções de instrumentos, objetos e documentos ligados à atividade científica brasileira. O acervo abrange o prédio principal e outras instalações do MAST. Estas edificações e a coleção museológica foram tombadas pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1986.



Como Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência e Tecnologia, o MAST realiza estudos acadêmicos em História da Ciência, Educação em Ciência e preservação de acervos documentais e museológicos.



O MAST trabalha com a história científica e tecnológica do Brasil, ao mesmo tempo em que promove e estuda a divulgação e a educação em ciências.



Desenvolve também programas de atendimento escolar, que incluem visitação guiada para grupos de estudantes e cursos de capacitação docente e na condição de museu, detém a guarda de coleções de instrumentos, objetos e documentos ligados à atividade científica brasileira.

Meteorito Santa Luzia de Goiás
(Acervo Museu Nacional, RJ)

Esse é o segundo maior meteorito do Brasil, pesando duas toneladas. Foi encontrado na cidade de Santa Luzia, hoje Luziânia, no estado de Goiás, na década de 1920.



A Cúpula Móvel é construída de chapa metálica e estrutura em perfil de ferro. A abertura na parte superior (trapeira) é acionada por um sistema elétrico de cremalheira, permitindo um giro completo de 360 graus. A luneta ali instalada foi adquirida em 1910 da asa Gustav Heyde, Alemanha. Possui abertura da lente objetiva de 21 cm e distância focal de 3 metros. A montagem é equatorial, ou seja, o eixo da luneta é paralelo ao eixo da Terra. 





Acervo Arquitetônico compreende dezesseis edificações de valor histórico localizadas no campus do Observatório Nacional/MAST, entre as quais os pavilhões que abrigam centenárias lunetas e o edifício sede.



Visite o MAST:

Terça, quinta e sexta, 9h às 17h; quarta, 9h às 21h; sábado, 14h às 21h; domingo e feriado, 14h às 18h

Rua General Bruce, 586 
Bairro Imperial de São Cristóvão  |  Rio de Janeiro CEP: 20.921-030
Tel. 21 3514-5200 

mast@mast.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...