quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

DESOVA DE UMA TARTARUGA DE ÁGUA-DOCE


Em visita ao Jardim Botânico do Rio de Janeiro, hoje no início da tarde, tivemos o privilégio de presenciar a desova de uma "Tartaruga de Água-Doce Americana". Na entrada do Jardim existe um lago com diversas tartarugas de todos os tamanho, porém, todas da mesma espécie.


"Tartaruga Americana' como é conhecida popularmente é  um réptil da espécie ovípara. O período de acasalamento decorre de Março a Junho. O ritual de acasalamento desta espécie é muito característico: o macho posiciona-se de frente para a fêmea tocando com as unhas dianteiras no seu pescoço; se esta estiver receptiva deixa-se ir ao fundo onde se dá a cópula. A fêmea faz uma a 3 posturas de 4 a 23 ovos cada, num buraco escavado no solo. As crias nascem após cerca de 2 meses de incubação. O sexo dos indivíduos é dependente da temperatura de incubação dos ovos. Possuem membranas entre os dedos (membranas interdigitais), que servem para facilitar a deslocação na água. Existe dimorfismo sexual: os machos são menores e  têm cauda mais grossa e longa e as unhas das patas dianteiras são muito mais compridas do que nas fêmeas.

VAMOS AO VÍDEO


Foi um momento de pura emoção e conhecimento científico que eu, meu filho Jorge Lucas e outras pessoas, que foram se aproximando, presenciamos, principalmente porque, no momento da desova, surgiu um filhotinho vindo do fundo do ninho!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...