quinta-feira, 20 de março de 2014

PROGRAMA ATLETA NA ESCOLA 2014




Diante de um cenário esportivo promissor, com a realização da Copa do Mundo 2014 e das Olimpíadas 2016, no Brasil, o programa ATLETA NA ESCOLA 2014 - uma parceria do Ministério do Esporte com o Ministério da Educação (MEC) - iniciou o ano com algumas inovações, entre elas a inclusão de dez modalidades paraolímpicas e o acréscimo de duas modalidades olímpicas, uma forma de mudar o rumo do esporte escolar no país.

“O ATLETA NA ESCOLA foi criado para democratizar o acesso ao esporte por meio da escola e também oportunizar a descoberta e o desenvolvimento dos talentos esportivos, além de formar a base do ciclo olímpico 2020 – 2024”, afirmou André Arantes, coordenador do programa no Ministério do Esporte. Segundo informações do MEC, na segunda-feira (17.03), 2.334 escolas estaduais e municipais já tinham aderido ao programa, em 23 estados e no Distrito Federal. 

Os coordenadores aguardam a adesão dos estados do Amapá, Paraná e Rio de Janeiro. 

Para André Arantes, com a inclusão das modalidades paraolímpicas no programa, acredita-se no crescimento do número de atletas paraolímpicos escolares. Esses atletas terão apoio a partir da etapa estadual. 

Farão parte do ATLETA NA ESCOLA, este ano, as modalidades paraolímpicas de atletismo, bocha, goalbol, judô, natação, tênis de mesa em cadeira de rodas, voleibol sentado para os gêneros masculino e feminino, além do futebol de 5 (deficiência visual) e futebol de 7 (paralisia cerebral). 

Na categoria olímpica, o atletismo, já inserido no programa, foi ampliado com a entrada do arremesso de peso, além das atividades que participaram do programa em 2013 – corrida de velocidade, com provas de 75m e 100m; corrida de resistência, de mil metros e 3000m; e provas de salto em distância. Voleibol e judô também foram incluídos.

Com início no ano passado, o programa Atleta na Escola teve a adesão de 22 mil escolas, distribuídas em 4.554 municípios com 2,1 milhões de participações. “A meta do programa para este ano é atingir 40 mil escolas nas cinco regiões do Brasil”, afirmou André. Dados do censo escolar de 2013 mostram que o país tem 194.577 escolas, entre públicas e privadas, das quais 147.307 unidades registraram estudantes na faixa de 12 a 17 anos de idade, que constitui o público do programa.




Cleide Passos
Ascom - Ministério do Esporte
Acompanhe as notícias do Ministério do Esporte no Twitter e no Facebook
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...