segunda-feira, 6 de junho de 2016

PERFIL COGNITIVO E NEUROPSICOLÓGICO DOS AUTISTAS

Extraído de SindromedeAspergerAUTISMO:



Perfil intelectual: no autismo, é a sua irregularidade. 
Normalmente, eles apresentam melhor desempenho em tarefas que exigem processos perceptivos, de memorização ou mecânicos e pode ser mais difícil em aqueles que exigem raciocínio, abstração e interpretação. 
70% dos autistas apresentam algum grau de retardo mental.

Memória: No geral, os estudos não apontam alterações nas memórias de curto prazo. A repetição das ações podem ser indicativo da memória particularmente da semântica, que está ligado ao significado e ao sentido. 

A atenção não apresenta um déficit generalizado e, na verdade, existe uma boa capacidade focada e sustentada permitindo-lhes realizar atividades de forma repetitiva. Suas dificuldades são, sim, para atender os certos estímulos ambientais, para desligar-se deles e chamar a atenção para a base em requisitos exógenos. Alguns autores têm falado de dificuldades de atenção social, seletiva, que iria explicar o fracasso na atenção conjunta e a tendência de prestar mais atenção aos objetos do que as pessoas.

O desempenho perceptual é muitas vezes caracterizada por um nível de normal ou mesmo acima de processamento visual normal. Ainda assim, esse tratamento tem peculiaridades, pois ele tende a se concentrar nos detalhes do estímulo, para o detrimento da interpretação geral do mesmo.

A percepção sensorial é muitas vezes atípica, o que explica hipo ou hipersensibilidade de muitas dessas pessoas a certos estímulos. Em alguns casos, por exemplo, existe uma hipersensibilidade a certas frequências de som ou luz, resultando em estímulos aversivos, enquanto existem os Hipo ou insensibilidade à dor (automutilação - comportamentos prejudiciais). Esses padrões de percepção sensorial, também tem a ver com a rejeição de contato físico e a atração pelas estereotipias, que muitas vezes desempenham um papel importante na auto - estimulação/regulação.

Praxia É a capacidade de realizar atos intencionais, gestos complexos, voluntários, conscientes e envolve também o entendimento da ordem para fazê-lo ou a decisão de tomá-lo. 

No autismo: Crianças autistas mostram alterações e dispraxias motoras, entre elas estão: andar na ponta dos pés, marchar de forma irregular e apresentar estereotipias. Apresentam déficits na preparação e no planejamento da resposta motora. Uma outra grande dificuldade está relacionada a imitação. Crianças com autismo imitam menos e apresentam uma maior dificuldade na imitação corporal sem o uso de objetos. 

Linguagem: O prejuízo linguístico no autismo envolve problemas de comunicação não-verbal e verbal (fonológico, gramatical, semântico e pragmático). No aspecto semântico existe a dificuldade em entender a representação das palavras e das frases. Nos aspectos pragmáticos da linguagem, há prejuízo de compreensão e uso da linguagem, dentro de um contexto social. 

FUNÇÃO EXECUTIVA: dificuldade no planejamento de estratégias de resolução de problemas para a execução de metas. Dificuldade em algumas áreas cognitivas influenciam diretamente a interação com o outro.

Extraído de: https://www.facebook.com/SindromedeAspergerAUTISMO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...